comments powered by Disqus
Amazônia / Animais

Apaixonados por cães realizam  exposição que premia os melhores pets de Manaus 

Julgamento dos cães avalia estrutura e beleza, baseado no padrão de cada raça. Aberto ao público e gratuito, evento será realizado no próximo dia 25, no Círculo Militar de Manaus

domingo 12 de março de 2017 - 8:30 AM

Gisele Rodrigues / portal@d24am.com

Melhores cães de cada raça disputam o prêmio final da exposição, conhecido como ‘Best in Show’. Foto: Divulgação

Manaus - Na passarela, cachorros de todas as raças e tamanhos, mostrando elegância. No próximo dia 25, os admiradores dos pets poderão acompanhar e conhecer as mais variadas raças num desfile com cerca de 70 cães no Círculo Militar de Manaus (Cirmam), no bairro São Jorge, zona oeste de Manaus. A competição vai escolher os cães que passam a disputar o ranking estadual, regional e nacional. 

Durante a exposição, o julgamento dos cães avalia estrutura e beleza, baseado no padrão de cada raça, conforme explicou o membro da Amazonas Kennel Clube, Áureo Melo. A instituição tem 41 anos no Amazonas e organiza a competição.

Conforme Melo, no primeiro momento da competição são escolhidos os melhores cães de cada raça.

Na sequência, na disputa de grupos, o vencedor se habilita para concorrer na final da exposição, conhecida como ‘Best in Show’. Segundo ele, nessa fase, os cães de diversas raças competem. 

“É aberto ao público e gratuito. As crianças adoram também, e é onde a população pode ver a diversidade de raças. Num evento desses você vai encontrar raças que não vê com tanta frequência, como um  Terra-nova,  Shar Pei, um Biewer Terrier, que talvez as pessoas nunca nem tenham visto”, afirmou.

Além dos admiradores dos cães, participam das exposições, criadores dos pets que têm a intenção de divulgar as raças e a comercializá-las, segundo Melo. “A cinofilia é o mundo dos cães. Existem, ainda, os apresentadores dos cães que levam isso como profissão. Tem muito criador para comercializar os filhotes e é uma oportunidade de conhecer melhor o cão, para dar visibilidade à raça”, explicou.

Paixão inesperada

Cinófilo assumido, o administrador Jesse Farias, 46, conheceu o universo dos cães ao estudar a raça mais indicada para resolver o problema de fobia de cães da filha, há 12 anos. 

Segundo ele, foi lendo sobre o assunto que a paixão pelo estudo das raças cresceu e se profissionalizou. Na última exposição, o cão do administrador ganhou o primeiro lugar geral entre todas as raças.

Ele explica que embora os jurados avaliem todos os pets, o mais importante é que cada cão fique o mais próximo possível da raça padrão, instituída por um parâmetro internacional. A circunferência da cabeça, tamanho do rabo, cor do animal e temperamento são alguns dos critérios avaliados na exposição, segundo Farias.

“Hoje, minha filha ama cães e entrei nesse mundo por causa dela. Comprei meu primeiro labrador há 12 anos. O meu cão (um labrador) ganhou no ano passado porque apresentou um temperamento muito típico da raça, muito dócil, treinado e inteligente e muito alegre, o que representa uma pontuação muito alta”, explicou Farias.

Para o cinófilo, o cruzamento de raças, que resultam nos chamados vira-latas, é uma questão de saúde pública. 

Segundo ele, por causa da mistura com outras raças, embora o cão tenha uma aparência dócil ele pode apresentar ainda comportamentos agressivos por causa do cruzamento genético.

“O mais importante é popularizar o conceito de uma raça pura. A importância de não cruzar raças com outras raças é uma questão de saúde pública. Os cães têm cadeias de DNA totalmente diferentes, ele pode ter temperamento do doberman e ser bonitinho como um labrador, fora as doenças genéticas”, comentou.

As inscrições vão até o dia 21 de março e podem ser realizadas pelo e-mail da instituição organizadora, amkennelclub@hotmail.com ou pelo telefone (92) 3238-3741 no horário de 13h30 às 17h30. A taxa para participar da exposição é de R$ 120.

VEJA TAMBÉM NO D24am