comments powered by Disqus
Amazônia / Meio Ambiente

Chuva causa alagamentos, queda de árvores e deslizamentos em Manaus

O trânsito também foi afetado em todas as áreas da cidade

quarta-feira 5 de abril de 2017 - 8:29 AM

Gisele Rodrigues / portal@d24am.com

A Rua Vargson Navegante, no bairro Nossa Senhora das Graças, ficou alagada. Foto: Sandro Pereira

Atualizada às 11h55

Manaus – Aproximadamente oito horas de chuva deixaram árvores tombadas, ruas alagadas e registro de deslizamentos de barranco em Manaus, nesta quarta-feira (5). O trânsito também foi afetado em todas as áreas da cidade. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado de chuva já soma 120 milímetros. 

O pluviômetro da Defesa Civil municipal mediu, nas primeiras quatro horas da manhã, 67 milímetros de chuva na zona oeste. Já na zona leste, foram 76 milímetros no mesmo período. 

Ainda conforme a Defesa Civil, 21 ocorrências foram registradas desde 1h. Entre elas três pontos de alagamento na Rua e no Beco do Gurupi, na Redenção; e Rua Alberto Gomes, Petrópolis. Também foi registrado o tombamento de três árvores, sendo um sobre uma casa na Rua Raimundo Nonato de Castro, no Santo Agostinho.

Dois deslizamentos de barranco sem vítimas também foram registrados e ainda há um risco de deslizamento na Rua Porangatu, na Redenção. Na Rua 22, no Zumbi, um muro desabou.

Na Torquato Tapajós, nas proximidades do Clube Municipal, o asfalto cedeu e um buraco tomou duas faixas da avenida, causando lentidão no trânsito.   

A diarista, Celeste Bindá,  43, ficou surpresa com a ação da chuva no bairro de Flores. Segundo ela, o igarapé que corta o bairro já chegou a inundar outras vezes, mas nunca com a quantidade de água registrada nesta quarta-feira.                       

"Um micro-ônibus quase cai dentro desse buraco. Vou perder um dia de serviço por causa dessa chuva. Nunca vi nada igual. Muita água, muita mesmo", disse a diarista. 

Na Rua Conceição do Norte, no bairro Flores, duas pessoas ficaram presas, durante quatro horas, em um veículo de transporte escolar por causa do alagamento. Um adolescente de 13 anos foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros enquanto o motorista, que não teve o nome revelado, se recusou a sair da van até a chegada do proprietário da condução.

 

VEJA TAMBÉM NO D24am