comments powered by Disqus
Amazônia / Meio Ambiente

Responsáveis por vazamento de óleo que poluiu igarapé no Tarumã serão penalizados

Tonéis de 200 litros e caminhões-pipa abandonados em terreno vazaram a substância que atingiu o igarapé 'Água Branca'; responsáveis foram identificados, segundo a polícia

segunda-feira 6 de fevereiro de 2017 - 3:02 PM

Carla Albuquerque - DEZ Minutos / portal@d24am.com

Óleo atingiu o leito do igarapé 'Água Branca' após vazar dos recipientes abandonados no terreno. Foto: Divulgação/ Dema

Manaus - Oitenta tonéis de 200 litros e dois caminhões-pipa com óleo foram encontrados abandonados em um terreno pertencente a um condomínio residencial, no Tarumã, zona  oeste de Manaus, na última sexta-feira. De acordo com o delegado Especializado em Meio Ambiente e Urbanismo, Samir Freire, eram desses recipientes que estava vazando material que atingiu o leito do Igarape Água Branca, localizado na mesma área da cidade. Os responsáveis serão autuados e penalizados penal e civilmente.

Samir Freire informou que policiais da Dema e agentes do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (APAM) voltaram ao local, na manhã desta segunda-feira. Durante a vistoria, nenhum responsável pelas obras foi localizado no terreno, mas eles já foram identificados. 

“Agora estamos analisando a situação de casa um e trabalhando a responsabilização de cada um dos envolvidos nesse crime ambiental. O pior que já vi”, afirmou o delegado.


Foto: Divulgação/ Dema

No local, os policiais encontraram 80 tonéis de 200 litros e dois caminhões-pipa com óleo abandonados. De acordo com o delegado, a massa asfáltica deixada no terreno, escorreu e atingiu o leito do igarapé.                       

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM) informou que, em conjunto com o IBAMA, constatou na quinta-feira (2), após denúncia de moradores, a poluição do Igarapé Água Branca no Tarumã, zona Oeste de Manaus, por substância oleosa de origem desconhecida.

Na sexta-feira (3) foram encontrados numerosos tambores com substância tipo manta asfáltica abandonados em uma área na estrada do Cetur, próxima do Igarapé e indícios fortes de sua relação com o dano ambiental constatado.


Foto: Divulgação/ Dema

VEJA TAMBÉM NO D24am