comments powered by Disqus
Amazônia / Parintins, Cultura & Arte

Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro dá início a atividades em Parintins

São 5,7 mil alunos matriculados gratuitamente em cursos de música, dança, teatro, artes visuais, audiovisuais e capacitação profissional.

segunda-feira 16 de setembro de 2013 - 11:59 PM

Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro dá início a atividades em Parintins. Foto: Divulgação

Manaus - Com sede no Bumbódromo, a Unidade Parintins do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro foi inaugurada, ontem, pelo governador Omar Aziz. São 5,7 mil alunos matriculados gratuitamente em cursos de música, dança, teatro, artes visuais, audiovisuais e capacitação profissional, mas já existe a previsão de dobrar o número de vagas nos próximos meses, diante da grande procura dos moradores dos municípios vizinhos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Cultura (SEC), duas outras unidades do liceu serão inauguradas nos municípios de Itacoatiara e Benjamin Constant, no próximo ano.

De acordo com o governador Omar Aziz, a implantação desta primeira unidade do Liceu Cláudio Santoro fora da capital representa um fato histórico para as expressões artísticas e culturais do Estado, especialmente para a região do Baixo Amazonas e para Parintins. “O Bumbódromo é a verdadeira casa da cultura de Parintins e, ao transformá-lo em espaço multiuso dedicado ao estudo, aliado com o talento natural deste povo, que agora terá oportunidade de aprender outras artes, tenho certeza que, ‘em breve’, surgirão novas revelações e grandes iniciativas como a Orquestra Sinfônica de Parintins”, disse.

Homenagens

A Unidade Parintins do Liceu de Artes e Ofícios Cláudio Santoro funcionará nos sete dias da semana, com cursos e uma série de atividades e espaços culturais abertos gratuitamente ao público. Entre os destaques da estrutura, está o Cineclube Odinea Andrade (o único da cidade) com som digital, projeções em 3D e acervo inicial de 350 títulos, entre documentários e filmes locais, nacionais e internacionais.

Outros parintinenses homenageados no espaço são: Jair Mendes, que dá nome à galeria de arte na qual exposições com obras do acervo da Pinacoteca do Estado serão apresentadas a cada quatro meses; Vandir Santos, galeria de arte exclusivamente voltada para artistas da Ilha e da região do Baixo Amazonas; Fred Góes, que batiza uma bib lioteca com mais de 10 mil títulos; e os memoriais aos bumbás Caprichoso e Garantido, com exposições de peças e indumentárias das agremiações.

VEJA TAMBÉM NO D24am