comments powered by Disqus
Esportes / Futebol

Estadual tem rodada no campo e ‘tapetão’

Última rodada da primeira fase, hoje, define classificados para a semifinal e rebaixados para a segunda divisão. Mas consolidação dependerá de julgamento no TJD, na terça-feira

sábado 13 de maio de 2017 - 8:00 AM

Diogo Rocha / portal@d24am.com

Nacional perdeu 20 pontos no ‘Tapetão’ e não depende mais do resultado em campo. Foto: Reinaldo Okita/Arquivo

Matéria atualizada às 10h50

Manaus - Neste sábado (13), o Campeonato Amazonense chega à 14ª e última rodada da fase classificatória com incertezas sobre os times classificados para as semifinais e qual equipe será rebaixada à divisão de acesso. Tudo isso será definido fora de campo, quando o Pleno no Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD-AM) julgar, na terça-feira (16), o processo que condenou Nacional e Rio Negro a perda de pontos por supostamente utilizarem jogadores irregulares.

Se o Pleno mantiver a sentença da 2ª Comissão Disciplinar do TJD, que puniu o Leão da Vila e o Galo com a perda de 20 e sete pontos, respectivamente, a reviravolta no Estadual será sacramentada na esfera local. Nacional e Rio Negro ainda poderão recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Nesta hipótese, os resultados dos quatro jogos da rodada deste sábado, que começam todos às 15h, irão valer para definir a quarta e última vaga para as semifinais e a ordem dos confrontos. Mantida a condenação, o Naça, que havia se classificado com antecedência às semis na liderança do Estadual antes dos pontos perdidos, será rebaixado junto com o São Raimundo.

Na última quinta-feira, a Federação Amazonense de Futebol (FAF) atualizou a tabela de classificação, com o Nacional despencando para a vice-lanterna na zona de descenso, e o Rio Negro caindo do 3º para o sexto lugar. Automaticamente, Princesa do Solimões, Fast Clube e Manaus FC subiram de posições e já estão, matematicamente, garantidos nas semifinais até o julgamento no Pleno.

Com as mudanças nas posições dos clubes na tabela, os times do Penarol (4º), Holanda (5º), e Galo (6º) brigam pela última vaga no G-4. Com a obrigação de vencer, o Rio Negro tem confronto direto com o Penarol, em Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), mas também precisa torcer por um tropeço do Holanda. Mais confortável, o Leão Azul da Velha Serpa confirma o avanço às semifinais com uma vitória.

Os times do Tubarão, Rolo Compressor e Gavião do Norte, que ocupam os três primeiro lugares do G-4, também devem buscar a vitória, neste sábado (13), como precaução diante da possibilidade de uma absolvição de Leão da Vila e do Galo no ‘tapetão’. Em caso de resultado favorável no Pleno do TJD, os dois arquirrivais seriam devolvidos ao grupo dos semifinalistas, o Rio Negro se triunfar hoje.

Líder isolado com 23 pontos, o Princesa recebe o Manaus FC, no Estádio Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros da capital). Com um empate, o Tubarão não teria risco de perder a vaga nas semifinais mesmo se a dupla Nacional e Rio Negro recuperar os pontos na Justiça Desportiva. Já o Gavião, precisa ao menos vencer para afastar a ameaça do ‘tapetão’.

Em Manaus, o vice-líder Fast Clube enfrenta o Holanda, no Estádio Carlos Zamith, no Coroado, na mesma situação do Manaus FC. O Tricolor precisa triunfar caso o Pleno absolva Galo e Naça. A situação do Holanda é mais delicada, dependendo do resultado na Justiça Desportiva.

Beneficiado com a queda do Nacional à zona de rebaixamento, o Laranja ficou livre do descenso. Mas a equipe de Rio Preto da Eva deve vencer o Fast e torcer por um tropeço do Penarol para chegar ao G-4 ou para escapar de verdade da degola se Nacional e Rio Negro forem absolvidos.

E na Arena da Amazônia, em Manaus, o clássico entre os ‘rebaixados’ Nacional e São Raimundo promete ser emocionante. Confiante que será absolvido no Pleno, na terça-feira (16), o Leão da Vila pensa apenas na vitória para voltar triunfante a liderança do G-4 quando recuperar os 20 pontos perdidos no ‘tapetão’. Só que se for mantida a punição, o Naça, que tem hoje três pontos ganhos, cai para a divisão de acesso do Estadual pela primeira vez, a exemplo do Tufão.

Com apenas um ponto ganho em 13 jogos, o São Raimundo é o único time que independente do resultado no Pleno do TJD não escapa do rebaixamento nem se conquistar o primeiro triunfo hoje. 

VEJA TAMBÉM NO D24am