comments powered by Disqus
Esportes / Futebol

Final do Paulista vale ao Palmeiras continuar na briga por prêmio de R$ 40 milhões

Time tem promessa de recompensa caso conquiste todos os títulos possíveis na temporada

quarta-feira 19 de abril de 2017 - 10:14 AM

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Baptista trocou a Ponte Preta pela chance de dirigir o Palmeiras em 2017 . Foto: Werther Santana/Estadão

São Paulo - A sobrevivência no Campeonato Paulista, com a disputa da vaga na semifinal contra a Ponte Preta, no próximo sábado, coloca em jogo um prêmio valioso para o Palmeiras em 2017. Apesar de o Estadual dar ao campeão R$ 5 milhões, o clube vai receber oito vezes mais, R$ 40 milhões, caso seja o vencedor de todas as competições que disputar neste ano. 

O valor é uma garantia da patrocinadora do clube, a Crefisa, feita em fevereiro, quando houve a renovação do patrocínio por mais duas temporadas. A premiação pelas conquistas se soma ao investimento de R$ 150 milhões entre 2017 e 2018 pelo espaço na camisa, fora o investimento em contratações. Apenas Borja e Guerra, por exemplo, custaram juntos R$ 44 milhões à empresa.

Para continuar na rota pelo prêmio, o Palmeiras tem a difícil missão de reverter a desvantagem dos 3 a 0 sofridos no jogo de ida, em Campinas, no último domingo. Caso devolva o placar no sábado, no Allianz Parque, a decisão da vaga na final irá para os pênaltis. Se o time alviverde aplicar quatro gols de diferença, garante a classificação pare enfrentar na disputa pelo título o vencedor do confronto entre Corinthians e São Paulo.

A torcida palmeirense tem demonstrado otimismo na reviravolta no confronto. Até a tarde desta terça-feira, o clube vendeu 30 mil ingressos para o jogo de sábado. A equipe alviverde tem a Ponte Preta como uma das grandes algozes recentes. Neste ano foram três partidas, com um empate e duas derrotas. Em 2016, a equipe campineira também não foi derrotada nos encontros com o Palmeiras.

O técnico Eduardo Baptista disse nas últimas semanas considerar o título do Estadual como imprescindível para o ano, ao considerar que a conquista representa um incentivo para buscar vencer a Copa Libertadores, a grande obsessão do clube na temporada. O time lidera o grupo 5 da competição continental, com sete pontos.

 

VEJA TAMBÉM NO D24am