comments powered by Disqus
Esportes / Futebol

Inter arranca empate com o Peñarol em Montevidéu

Agora, o atual campeão jogará por um empate sem gols na partida de volta, na próxima quarta, no Beira-Rio. Uma nova igualdade por 1 a 1 levará o duelo para os pênaltis.

quinta-feira 28 de abril de 2011 - 8:35 PM

Leandro Damião comemora o gol de empate contra o Peñarol. Foto: Miguel Rojo/ AFP

Depois de sair atrás no placar, o Internacional resistiu à catimba dos jogadores do Peñarol e à pressão da torcida em Montevidéu e arrancou o empate, por 1 a 1, com os uruguaios, na noite desta quinta-feira. O resultado deixou os brasileiros em vantagem no confronto das oitavas de final da Copa Libertadores.

Agora, o atual campeão jogará por um empate sem gols na partida de volta, na próxima quarta, no Beira-Rio. Uma nova igualdade por 1 a 1 levará o duelo para os pênaltis. Se avançar às quartas de final, o Inter poderá cruzar com o arquirrival Grêmio, que foi derrotado pelo Universidad Católica por 2 a 1, na terça.

Pressionado pelo rival nos instantes iniciais da partida, o Inter começou recuado na defesa e precisou de alguns minutos para estabilizar as ações e equilibrar o duelo. E, enquanto arriscava tímidas investidas no ataque, o time brasileiro se segurava atrás graças às boas defesas de Renan.

Aos 18, o goleiro do Inter se destacou ao evitar o gol uruguaio em duas tentativas seguidas do ataque rival. Na primeira, defendeu chute à queima roupa de Martinuccio, dentro da pequena área. Na sequência, espalmou belo chute de voleio de Pacheco.

Recuperado do susto, o Inter deixou a retranca e cresceu na partida. Contudo, continuava a levar pouco perigo no ataque. E, quando começou a dominar as ações no meio-campo, foi surpreendido por um rápido contra-ataque de Martinuccio. Ele escapou pela esquerda em velocidade e cruzou rasteiro para Corujo completar para as redes, aos 36 minutos.

O Inter voltou para o segundo tempo mostrando maior ofensividade enquanto o Peñarol tentava reduzir o ritmo de jogo, para evitar riscos. A estratégia deu certo até metade da etapa. O time brasileiro só conseguia levar perigo em lances de bola parada. Com a bola rolando, D'Alessandro desperdiçou uma boa chance ao bater rasteiro de fora da área, sem força, à direita do gol, aos 16.

Com dificuldade para penetrar na defesa uruguaia, o Inter acabou chegando ao empate em uma jogada de contra-ataque. Aos 19, o artilheiro Leandro Damião arriscou de longe e contou com um desvio da defesa para encobrir o goleiro Sosa.

O empate não movimentou o jogo, que seguiu morno. Os dois times seguiam com problemas nas finalizações e praticamente não deram trabalho aos goleiros no segundo tempo. Mostrando nervosismo, o Peñarol exagerou nas faltas e chegou a esboçar uma pressão nos minutos finais. Sem sucesso.

O Inter volta a campo neste domingo para fazer mais um clássico com o Grêmio, às 16 horas, no Beira-Rio, na final do segundo turno do Campeonato Gaúcho. Se perder, o arquirrival ficará com o título antecipado do Estadual.

Peñarol-URU 1 x 1 Internacional

Peñarol - Sosa; Alejandro González, Carlos Valdez, Guillermo Rodríguez e Darío Rodríguez; Corujo, Nicolás Freitas, Luis Aguiar e Matías Mier (Estoyanoff); Antonio Pacheco (Alonso) e Martinuccio. Técnico: Diego Aguirre.

Internacional - Renan; Nei, Bolívar, Rodrigo e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho (Tinga) e D'Alessandro; Rafael Sobis (Oscar) e Leandro Damião. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Gols - Corujo, aos 36 minutos do primeiro tempo. Leandro Damião, aos 19 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Valdez, Freitas, Dario Rodriguez, Martinuccio (Peñarol); Tinga (Inter).

Árbitro - Carlos Torres (Paraguai).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai).

VEJA TAMBÉM NO D24am