comments powered by Disqus
Esportes / Futebol

São Paulo e Corinthians fazem clássico da semifinal, neste domingo

Enquanto a equipe do técnico Rogério Ceni tem ataque poderoso e uma defesa de dar calafrios, os corintianos apostam em seu organizado setor defensivo, mas sofrem para balançar as redes

domingo 16 de abril de 2017 - 10:15 AM

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

São Paulo e Corinthians entram em campo para o primeiro jogo das semifinais do Paulistão 2017. Fotos: Divulgação

São Paulo - São Paulo e Corinthians entram em campo neste domingo (16), às 18h (deste domingo), no estádio do Morumbi, na capital paulista, para disputar um clássico pela primeira semifinal do Campeonato Paulista que promete ser ‘estudado’, já que a virtude de um time é o defeito do outro e vice-versa - enquanto a equipe do técnico Rogério Ceni tem ataque poderoso e uma defesa de dar calafrios, os corintianos apostam em seu organizado setor defensivo, mas sofrem para balançar as redes dos adversários - são oito vitórias por placar magro de 1 a 0.

Apesar da dificuldade para marcar gols, quem aparece como forte candidato a protagonista é Jô. Artilheiro do Corinthians no ano, com cinco gols, ele fez três em clássicos: contra Palmeiras e Santos, em duas vitórias por 1 a 0, e diante do próprio São Paulo, no empate por 1 a 1.

O sucesso nos clássicos o fez ser chamado pelos corintianos de "God (Deus, em inglês) of Clássicos", fazendo uma clara provocação ao zagueiro são-paulino Maicon, apelidado pelos torcedores de ‘God of   Zaga’. Jô não gostou da brincadeira por uma questão religiosa, mas espera manter a fama de ser decisivo diante dos grandes. “Era difícil imaginar uma volta tão boa. Estou melhorando, apesar do começo não ter sido dos melhores, mas as coisas estão andando legal agora”, comemorou o atacante.

Na temporada, o Corinthians fez 27 gols em 22 jogos e sofreu somente 12, o que confirma a tese de ser um time forte na defesa e deficitário no ataque. Já o São Paulo marcou 40 gols, foi vazado 25 e tem um dos atacantes mais badalados do futebol paulista: Lucas Pratto.

O argentino foi contratado do Atlético Mineiro por mais de R$ 20 milhões e chegou com a missão de resolver os problemas do ataque tricolor. Lucas Pratto marcou cinco gols, mesma quantidade que Jô, mas ainda não foi aquele atacante que todo são-paulino esperava. Para piorar, fez gol contra na derrota para o Cruzeiro em casa, pela Copa do Brasil. Pode começar a mudar esta visão justamente contra o maior rival.

Após convocações para a seleção argentina e a recuperação de lesão, o atacante carrega o peso de ser a contratação mais cara do elenco. Isso parece não afetá-lo. Ele demonstra tranquilidade.

VEJA TAMBÉM NO D24am