comments powered by Disqus
Esportes / Lutas

Anderson Silva detona Vitor Belfort com três golpes no UFC 126

A 'Luta do Século' terminou no primeiro round e Spider manteve o título da categoria dos médios no UFC

domingo 6 de fevereiro de 2011 - 1:57 AM

Momento do nocaute Fotos: Divulgação/ UFC

Manaus - Foi impressionante! Anderson Silva precisou de apenas 3min25s, dois socos e um chute frontal na mandíbula para nocautear Vitor Belfort na chamada ‘Luta do Século’. O combate aconteceu na noite deste sábado (5) em Las Vegas, nos Estados Unidos, e teve repercussão mundial.  Em Manaus, vários bares chegaram a montar telões para acompanhar o  Ultimate Fighting Championship 126 (UFC).

A luta começou nervosa. Vitor Belfort, conhecido por ser explosivo, não usou a estratégia que o consagrou e preferiu esperar o Spider. Os dois ficaram se estudando por mais de dois minutos e chegaram a ser vaiados pelo público, que queria ver trocação desde o início. De qualquer forma, Belfort deu o primeiro golpe: um chute na perna de Anderson que fez pouco efeito.

Logo em seguida foi pra cima e chegou a derrubar o campeão. Spider ficou de pé novamente e quando Belfort menos esperava, acertou um chute de Muay thai no queixo do rival, que desabou de imediato. Anderson ainda deu mais dois socos antes do juiz brasileiro Mario Yamasaki  interromper o combate e dar a vitoria para o atual campeão.

“Foi um chute que treinamos bastante. Gostaria de agradecer ao Steven Seagal (ator americano), que me ensinou vários golpes. Queria deixar bem claro que o Vitor Belfort merece todo o nosso respeito. Antes de eu pensar em lutar ele já era campeão desse evento”, afirmou Anderson Silva ao final da luta, ainda no octógono.

Depois da luta, o presidente do UFC, Dana White, disse, em entrevista coletiva, que vai tentar casar uma luta entre Anderson Silva e Georges St. Pierre, campeão da categoria dos meio-médios. "Se acontecer, gostaria de lutar com o GSP no Brasil. Se não poderia ser em Las Vegas, que é a minha segunda casa. Vai ser engraçado. Soco pra lá, soco pra cá", disse Anderson.

Seja quem for o adversário, Spider não tem mais nada pra provar a ninguém.

Outras lutas

Antes da luta principal, dois veteranos do UFC mediram forças no octógono Rich Franklin enfrentou Forrest Griffin  em uma luta lenta. No primeiro assalto, Griffin caiu por cima do adversário e acertou vários golpes, mas com pouca eficácia. No segundo assalto Forrest chegou a desequilibrar Rich com um chute frontal no rosto do rival, que por pouco não foi a nocaute. Já no último assalto, Franklin foi pra cima de forma desesperada, mas acabou perdendo por 30 a 27 na decisão dos juízes.

Na terceira luta da noite, Jon Jones, considerado pelo presidente do UFC, Dana White, como uma das grandes promessas da organização, brincou com o adversário Ryan Bader. Ele não precisou fazer muita força para vencer no segundo assalto com um estrangulamento.

Ao final do combate, o repórter do UFC, Joe Rogan, subiu ao octógono e anunciou que Jon Jones vai enfrentar o brasileiro Mauricio Shogun pelo cinturão dos meio-pesados. Ao ouvir o anúncio, Jones se ajoelhou e em seguida o brasileiro campeão subiu no ringue e disse que estava preparado para enfrentar o americano revelação. “Ele é um grande adversário. Eu o respeito e estou pronto”, disse Shogun.

Já o brasileiro Carlos Eduardo ‘Tá Danado’ perdeu por pontos para o americano Jake Ellenberger. Paraibano radicado na Alemanha, Tá Danado chegou para lutar sem nunca ter perdido e com um cartel de oito lutas e oito vitórias. Conseguiu a vencer o primeiro round e quase leva a luta com uma finalização. Porém, se abalou no segundo round quando levou joelhadas. No final, acabou perdendo por decisão dividida dos juízes.

Antes disso, a primeira luta do card principal foi entre Miguel Torres e Antronio Banuelos. Mais alto, Torres apenas controlou a luta com jabs diretos que sempre atingiam o rosto do adversário. No final, Banuelos terminou com a face completamente vermelha e Torres apenas disse que seguiu um plano traçado pela sua equipe.

O próximo UFC acontece no dia 27 de fevereiro, no duelo Penn vs. Fitch.

 

Ultimate Fighting Championship

VEJA TAMBÉM NO D24am