comments powered by Disqus
Esportes / Lutas

Judoca amazonense vai disputar Campeonato Europeu na Turquia e Croácia

Aos 16 anos, o amazonense Marcelo Campbell é considerado uma das principais promessas da atualidade no Judô. Ele disputará o Campeonato Europeu de Judô de 02 a 14 de março

terça-feira 21 de fevereiro de 2017 - 7:00 PM

Com informações de assessoria / portal@d24am.com

Judoca vai passar por um período de cinco dias de treinamento com a Seleção Sub-18, em São Paulo. Foto: Mauro Neto/Sejel/Divulgação

Manaus - O amazonense Marcelo Campbell vem se destacando nos últimos tempos como uma das principais promessas da atualidade no Judô. Aos 16 anos, ele conquistou medalha de prata no Meeting de Base Sub-18 e Sub-21, em São Paulo, no mês passado, além de figurar no quarto lugar do ranking brasileiro. Com a boa colocação na tabela, o jovem conquistou a vaga para participar pela primeira vez do Campeonato Europeu de Judô, que acontece na Turquia e Croácia, de 02 a 14 de março.

Antes mesmo de chegar a Europa, o atleta segue para Pindamonhangaba, São Paulo, neste sábado (25), quando vai passar por um período de cinco dias de treinamento com a Seleção Sub-18. De lá, a primeira parada será na Turquia e, em seguida, Croácia.

“Vai ser minha primeira vez fora do País. Vou sozinho e estou com muita expectativa de vencer, até mesmo de conseguir um primeiro lugar. Vou fazer esse período de treinos junto com a Seleção e depois seguimos para a Turquia. Tenho certeza que essa preparação só vai me fortalecer mais, pois a troca de experiências é primordial para a minha evolução como atleta. Estarei atento a todos os ensinamentos e quero me destacar”, disse Campbell.

 

Aos 16 anos, Marcelo conquistou medalha de prata no Meeting de Base Sub-18 e Sub-21, em São Paulo. Foto: Mauro Neto/Sejel/Divulgação

 

Mesmo sabendo que os principais polos do Judô estarão no Circuito, o faixa roxa quer o primeiro lugar da competição, visando não somente a medalha, mas tambem somar pontos para chegar ao topo do ranking na categoria até 90 kg. Para isso, ele está investindo em horas expressivas nos treinos.

“Hoje sou atleta da Seleção Sub-18, mas o que diferencia é o ranking. O primeiro do ranking tem passagens aéreas e alimentação tcom udo pago pela Confederação. Quero ser o primeiro do ranking e poder usufruir disso. Um primeiro lugar no Europeu eu passo a ser o número um e tambem começo a ter uma nova trajetória como atleta. Acho importante e para isso meus treinos são de quase quatro horas por dia”, afirmou o atleta, que realiza a preparação na academia Fort Judô.

VEJA TAMBÉM NO D24am