comments powered by Disqus
Esportes / Lutas

Lutador amazonense estreia no exterior em evento polonês de MMA

Adriano Balby fechou contrato com o 'Spartan Fight', enfrentando o representante da casa, Oskar Piechota, na categoria dos médios. Disputa acontece na cidade de Chorzów

quinta-feira 23 de fevereiro de 2017 - 8:00 PM

Thiago Fernando / portal@d24am.com

Em 2016, o amazonense fez três lutas, incluindo a disputa do cinturão do Jungle Fight. Foto: Divulgação

Manaus - Aos 36 anos, o lutador amazonense Adriano Balby irá fazer sua estreia em octógonos gringos. O ex-peso-pesado (até 120 kg) anunciou, por meio de suas redes sociais, que fechou contrato com o evento polonês de MMA, Spartan Fight. Sua primeira participação na organização será na edição 7 GALA MMA, que acontece no dia 1º de abril, na cidade de Chorzów. O adversário será o representante da casa, Oskar Piechota, na categoria dos médios (até 84 kg).

Em 2016, o amazonense fez três lutas, incluindo a disputa do cinturão do Jungle Fight. O lutador terminou o ano com duas vitórias e uma derrota. Seu último combate foi em dezembro, contra o folclórico lutador, ex-UFC, Edilberto Crocotá, no Mr. Cage 25.

“Tenho contato com vários managers e um deles me direcionou nesse evento. O adversário é um polonês chamado Oskar Piechota. Ontem (quarta, 22), assinei o contrato. Viajo no dia 30 de março e já estou treinando. Estou fazendo treinamento na Vila Olímpica, na academia Mascarenhas com o Cristiano, e na minha. Além, disso, ainda faço a musculação. Estou bem confiante”, disse o lutador, que vê o duelo como um passo importante para sua carreira.

“Voltei a lutar com 33 anos, quando estava com 130 quilos. Em três anos, fiz uma história e me destaquei. Com certeza, vou lutar até os 45 anos. Meu objetivo é ser campeão em mais categorias. Já ganhei três (até 120 kg, 93 kg e 84kg). Ainda quero ganhar até 77 quilos. Essa luta é um sonho. Venho a muito tempo atrás de uma luta internacional. Apareceu esse e mais uma, que seria dia 15 de março na Inglaterra, porém, está muito em cima e não daria tempo para perder o peso. Fico feliz, porque vejo que estão olhando para o meu trabalho”, finalizou.

VEJA TAMBÉM NO D24am