comments powered by Disqus
Esportes / Mais Esportes

Esporte e cidadania em prol da preservação ambiental

Praticantes de SUP integram projeto que retira lixo de rio, no bairro Tarumã

domingo 2 de abril de 2017 - 12:45 PM

Thiago Fernando / portal@d24am.com

Atletas e voluntários se reúnem, uma vez por mês, para retirar lixo do rio, no Tarumã, através do projeto Remada Ambiental, em pranchas de SUP, caiaques e embarcações. Foto: Eraldo Lopes

Manaus - Utilizar esportes aquáticos para despoluir o Lago do Tarumã é o objetivo do projeto ‘Remada Ambiental’, idealizado pelo proprietário do Amazonas Stand Up Paddle (Sup), Jadson Maciel. A atividade é realizada, geralmente, no último sábado de cada mês. A concentração dos voluntários ocorre na Marina do Davi, na Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

Em março, o projeto completou um ano de existência. A data foi comemorada com a 11ª edição da Remada, no último dia 25, que contou com 117 voluntários, divididos em lanchas, caiaques e pranchas de SUP. No total, foram recolhidos 227 sacos com resíduos como garrafas plásticas, latas, isopor, brinquedos, entre outros. Uma das embarcações ainda retirou uma geladeira e uma tampa de freezer. 

Jadson Maciel disse que a ideia do projeto surgiu após ele notar a grande quantidade de lixo que encontrava nas remadas matinais. Em conversa com amigos, decidiu fazer a primeira reunião para recolher os resíduos. Na ocasião, a remada contou com menos de 20 pessoas.

Ao todo, última ‘Remada’ retirou 227 sacos de lixo do rio
Foto: Eraldo Lopes

“Esse é um trabalho de voluntariado. Ver 117 pessoas que saíram de suas casas, em um dia chuvoso, para recolher lixo, é uma coisa muito legal. Plantamos, no início, a semente da conscientização e os voluntários propagaram. Ver, de perto, a quantidade de lixo, ao vivo, é assustador”, disse o organizador, que sonha com a ampliação do projeto para outros espaços da cidade. “Falta um trabalho de educação ambiental. Infelizmente, não temos no nosso Ensino Fundamental e nem no Médio, uma matéria focada nisso. Enquanto não tivermos isso, cabe aos pais ensinar os filhos a importância de jogar o lixo no lugar certo. Esse é um trabalho a longo prazo. Nosso objetivo é que o trabalho saia do Tarumã e vá para outros lugares. No último dia 22, foi o dia Mundial da Água. Porém, todos os dias temos que nos preocupar com a água”.

Próxima edição

A 12ª edição da Remada Ambiental já tem data marcada e está aberta para todos os interessados. “Fazemos um convite especial para as pessoas que têm botes, caiaques e pranchas de SUP, para comparecer no dia 29. Quem estiver disposto a fazer esse trabalho voluntariado está convidado”. 

A atividade é realizada, geralmente, no último sábado de cada mês
Foto: Eraldo Lopes

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas no Facebook (página Projeto Remada Ambiental) ou pelo telefone (92) 8188-4145.

VEJA TAMBÉM NO D24am