comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Dupla suspeita de integrar quadrilha especializada em furtar residências é presa 

Em um dos casos, a dupla roubou um cachorro da raça Pinscher, além de todos os bens materiais de uma quitinete. As mulheres ostentavam os objetos dos furtos em festas e nas redes sociais, segundo a polícia

quinta-feira 20 de abril de 2017 - 3:42 PM

Da Redação / portal@d24am.com

Fabrícia Correa Fontenele,  24, e a amiga de infância Adrya Marinho Martins, 21, foram presas na quarta-feira. Foto: Divulgação/ PC

*Com informações da repórter Carla Albuquerque
 

Manaus - A ex-presidiária Fabrícia Correa Fontenele,  24, e a amiga de infância, Adrya Marinho Martins, 21, foram presas, na última quarta-feira (19), pela Polícia Civil (PC) por suspeita de invadir e furtar residências nas zonas norte e sul de Manaus. De acordo com o delegado do 6 Distrito Integrado de Polícia (DIP) Jeff Mac Donald, elas integravam uma organização criminosa e usavam o dinheiro do crime para ostentar em festas e nas redes sociais, usando inclusive roupas das vítimas em festas.

De acordo com informações do delegado titular do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP),  Jeff David MacDonald, as investigações iniciaram há dois meses, após registro de Boletim de Ocorrência (B.O) de um furto em uma quitinete, onde foram levados todos os bens materiais do local e o cachorro da família, da raça Pinscher. O cachorro foi encontrado três dias depois e devolvido aos donos.
 

Veja o vídeo divulgado pela Polícia Civil

 

Após ouvir as vítimas e analisar imagens das câmeras de segurança dos locais roubados, os investigadores identificaram uma das suspeitas e identificaram outros furtos em quitinetes na área da zona norte de Manaus.

Ao total, a polícia identificou quatro vítimas de furtos da dupla que, segundo a polícia, integrava uma quadrilha especializada em furtos. A quadrilha usa um carro modelo Ford Fiesta Sedan, de cor prata, e os alvos eram sempre quitinetes durante o dia. Cada membro da quadrilha se revezava no momento de verificar se o imóvel estava vazio e, em seguida, arrombava o local para realizar o furto.

Os mandados de prisões de Fabrícia e Adria foram  expedidos pelo juiz da 9ª Vara Criminal de Manaus. 

"Primeiro, prendemos a Adrya no bairro Compensa. Quando a Fabrícia soube, ela saiu e tentou fugir para Autazes e conseguimos prendê-la quando já estava no porto de Manaus. Até já temos indícios do envolvimento delas em quatro furtos, mas pode haver muito mais", disse o delegado.

Os outros membros da quadrilha ainda estão sendo investigados pela polícia. As mulheres serão encaminhadas ao Centro de Detenção Provisório Feminino (CDPF), localizado no km 8 da BR-174.

VEJA TAMBÉM NO D24am