comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Governo estadual lança programa de reforço escolar para alunos carentes

O Programa "Criando Oportunidades" que está em funcionamento, já beneficiou três mil estudantes e o governo do estado pretende ampliar o projeto para os interiores do estado.

sexta-feira 16 de setembro de 2011 - 2:17 PM

Omar Aziz lançou o programa "Criando Oportunidades" na manhã desta sexta (16). Foto: João Pedro Figueiredo

Manaus - O programa de reforço escolar "Criando Oportunidades" foi lançado na manhã desta sexta-feira (16) pelo governador do Estado do Amazonas, Omar Aziz, no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Auréa Braga, na avenida Brasil, bairro Compensa II, zona oeste de Manaus.

O programa é voltado para alunos de escolas públicas do ensino fundamental e para estudantes de instituições privadas que estudam com bolsa integral a fim de entender a dificuldade dos alunos e oferecer apoio individualizado a cada um. Estagiários da área de letras e matemática foram contratados para ministrarem as aulas.

92 escolas, com turmas de no máximo 15 alunos, são atendidas pelo programa. O Programa que está em funcionamento, já beneficiou três mil estudantes e o governo do estado pretende ampliar o projeto para os interiores do estado.

Segundo o governador Omar Aziz, o projeto é de grande importância para a educação no Amazonas, tendo em vista que apenas estudantes que possuem uma renda familiar mais alta tinham a oportunidade de um reforço escolar. Agora, segundo ele, estudantes do ensino fundamental de escolas públicas também terão oportunidade de ter aulas complementares de língua portuguesa e matemática, para que, ao chegarem no ensino médio, possam estar mais preparados para o vestibular das universidade públicas que são ocupadas, em grande parte, por estudantes vindos de instituições particulares.

O governador comentou também que o projeto, apesar do alto, vale a pena. "Custa caro? Custa! Mas é muito mais barato que as baladas que o estado tem que bancar por aí. Muitas pessoas vem me pedir dinheiro pra evento de aniversário da cidade, mas para outras coisas nada".  Omar afirmou ainda um dos objetivos do projeto é fazer com que o Amazonas chegue no primeiro lugar do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Outro programa oficializado nesta sexta foi o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).   No Amazonas, o projeto será desenvolvido pela Seduc, em parceria com o Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac)

Serão destinadas 7.260 vagas nesta primeira fase do projeto. "O Pronatec é o preenchimento de uma imensa lacuna que há no Brasil. Tem emprego, mas não tem mão de obra qualificada", comentou o Secretário de Educação do Estado, Prof. Gedeão Amorim.

 

VEJA TAMBÉM NO D24am