comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Homem é preso suspeito de espancar o vizinho até a morte em Manaus

De acordo com o cabo da Polícia Militar (PM) Silvano de Oliveira, da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), David foi morto após ameaçar matar o cachorro de Peter.

segunda-feira 31 de março de 2014 - 4:20 PM

Manaus - O autônomo Peter Kalil Andrade Costa, 29, foi preso, no último domingo, suspeito de espancar até a morte o vizinho dele, David de Souza Bezerra, 34. O crime ocorreu em frente a um bar na Rua Adriano Barroso, Loteamento Manoel Nogueira, bairro Nova Esperança, zona centro-oeste de Manaus.

De acordo com o cabo da Polícia Militar (PM) Silvano de Oliveira, da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), David foi morto após ameaçar matar o cachorro de Peter. Houve uma briga e Peter matou o vizinho com chutes, socos e pauladas. Após o crime, o suspeito fugiu, mas acabou preso na casa dele, na mesma rua.

Silvano relatou à Polícia Civil que, por volta das 17j30, Peter e David estavam no mesmo bar, quando começaram a discutir por causa do cachorro de Peter. Após ameaçar matar o animal, David partiu para cima do vizinho. Policiais militares foram acionados pelos moradores da área e os dois homens foram embora, sem serem presos.

Aproximadamente 40 minutos depois, disse o policial, moradores da Rua Adriano Barroso acionaram novamente a PM, porém, os policiais militares encontraram David caído no chão e bastante ferido na cabeça. A vítima foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Pronto-Socorro Joventina Dias, no bairro Compensa, zona oeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo o cabo PM Silvano, Peter estava em casa, quando recebeu voz de prisão em flagrante. O suspeito estava embriagado e foi levado ao 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi indiciado por homicídio. Em depoimento, ele confessou o crime, mas disse que não tinha a intenção de matatr o vizinho. O autônomo foi encaminhado ontem para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade.

O irmão de David, Moisés Bezerra, informou que a briga entre os dois já era antiga e discordou que o motivo do crime foi o cachorro. Porém, ele não queis revelar o motivo. De acordo com o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Peter já foi investigado pela Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), da Polícia Civil.

VEJA TAMBÉM NO D24am