comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Homem perde o braço e outro morre após perseguição da Polícia

Acidente aconteceu na Av. Torquato Tapajós e deixou um caminhoneiro gravemente ferido após bater o caminhão em um poste e ser eletrocutado.

terça-feira 26 de julho de 2011 - 8:56 PM

Júlio 'Porcão' foi removido de helicóptero para o Pronto-Socorro 28 de Agosto. Foto: Diego Bauer

Manaus - Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido, hoje à tarde, após caírem de uma motocicleta quando eram perseguidos por uma viatura da Polícia Militar (PM) na Avenida Torquato Tapajós, zona norte de Manaus, próximo à passagem de nível da Avenida Max Teixeira,  por suspeita de assalto.

Na troca de tiros com a polícia, um dos suspeitos, que vestia farda de mototaxista e ainda não foi identificado porque não portava documentos, levou um tiro na cabeça e outro no tórax. Ele foi levado de helicóptero ao Pronto-Socorro Dr. João Lúcio, zona leste da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O outro suspeito, Júlio César Pereira, 22 anos, o ‘Porcão’, teve o braço direito decepado. Ele foi levado ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, zona centro-sul e não corre risco de morte.No entanto, na noite desta terça-feira, por volta das 20h30, Júlio César passou por uma cirurgia, mas ainda não há detalhes sobre o seu estado de saúde.

Um caminhão tipo caçamba, de placa JXI-5886, que vinha atrás da moto, perdeu o controle da direção ao tentar desviar do acidente e acabou batendo em um poste de energia elétrica. O fio de alta tensão caiu sobre a cabine, eletrocutando o motorista, ainda não identificado. Ele também foi levado ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas de ambulância, e não corre risco de morte.O motorista teve uma taquicardia e, já em melhor estado, foi encaminhado ao Serviço de Pronto-Atendimento Danilo Corrêa, na Cidade Nova.

Perseguição

O sargento da 18ª Companhia Interativa Comunitária (18ª Cicom), João Pessoa, contou que ‘Porcão’ e o outro suspeito estavam na moto de placa NOW-8539, assaltando os funcionários da fábrica Coca-Cola que chegavam ao ponto de ônibus. Segundo ele, a equipe da PM tentou pará-los, deu voz de prisão, mas os suspeitos dispararam quatro tiros contra a viatura e fugiram em alta velocidade.

“Eles seguiram pela Torquato Tapajós. Na curva da passagem de nível da Max Teixeira, a moto perdeu o controle e caiu no chão. Os dois homens se bateram na sarjeta e na cerca de arame farpado de um balneário. O braço do ‘Porcão’ foi jogado para longe”, disse. Logo em seguida, o caminhão-caçamba bateu no poste e derrubou a fiação elétrica, interditando o trânsito no sentido bairro-centro.

Segundo a PM, os dois revólveres usados pelos suspeitos foram apreendidos.

VEJA TAMBÉM NO D24am