comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Juíza determina prisão de coronéis e soldados da PM em Manacapuru

Os policiais militares presos foram identificados como partidários do coligação O Trabalho Fala Mais Alto, do candidato a prefeito Angelus Figueira (PV).

sexta-feira 28 de setembro de 2012 - 6:45 AM

Manaus - Cinco policiais militares foram presos por determinação da Justiça Eleitoral, em Manacapuru (a 69 quilômetros de Manaus), após se envolverem em uma briga por disputa política. De acordo com a juíza da 1ª Zona Eleitoral do município, Rosália Guimarães, os PMs presos foram identificados como partidários do coligação ‘O Trabalho Fala Mais Alto’, do candidato a prefeito Angelus Figueira (PV).

“Trata-se de uma resposta à sociedade e um aviso de que qualquer ato de baderna durante a campanha eleitoral será duramente combatida”, frisou a magistrada. A briga começou após correligionários de duas coligações se encontrarem próximo à rotatória do bairro Terra Preta.

Na quarta-feira foram decretadas as prisões do coronel da reserva Gilson Nonato e do tenente-coronel Eliézio Almeida. Ontem, a juíza determinou a prisão de três soldados: Valdir Batista, Silva Furtado e Lucas Barroso. Eles estão detidos no 9º Batalhão da PM, em Manacapuru.

De acordo com o comandante da PM do município, Fabiano Bó, dos cinco militares presos, três estão de férias. “Portanto, estão livres para participar de campanhas políticas, como qualquer cidadão”, explicou o comandante.

VEJA TAMBÉM NO D24am