comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Motorista é o principal motivo de reclamação entre usuários de transporte

De janeiro a julho de 2010, o NAC registrou pelo menos 255 denúncias feitas pela população em relação ao tratamento dos motoristas com os usuários do transporte coletivo.

segunda-feira 22 de novembro de 2010 - 5:52 PM

O tratamento por parte dos motoristas é a principal reclamação feita pelos usuários do sistema em Manaus. Foto: Chico Batata

Manaus - Reclamações contra motoristas de ônibus representam 40,78% das principais denúncias feitas à Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) no primeiro semestre de 2010. Irregularidade de horário e excesso de lotação também estão entre as queixas mais comuns da população. Os números são do Núcleo de Atendimento ao Consumidor (NAC) do órgão.

De janeiro a julho de 2010, o NAC registrou pelo menos 255 denúncias feitas pela população em relação ao tratamento dos motoristas com os usuários do transporte coletivo. Um total de 104 reclamações foram feitas diretamente contra motoristas. As denúncias vão desde agressão verbal até freadas bruscas, que prejudicam os passageiros que viajam em pé. Irregularidade de horário e excesso de lotação representam, respectivamente, 32,94% e 26,27% das reclamações.

De acordo com a assessoria de imprensa da SMTU, uma vez feita a denúncia, é necessário um prazo de até 15 dias, para que o órgão envie a reclamação por escrito para a empresa. Em seguida, a empresa localiza o motorista e o pune. A punição pode variar de advertência verbal até suspensão ou demissão. O último passo é a empresa avisar à SMTU sobre a providência adotada em relação ao fato denunciado.

Para fazer a denúncia, são necessárias informações como o número da linha e o de identificação do ônibus, que fica localizado na traseira e na lateral do veículo, além do horário e local onde o fato a ser reportado ocorreu. A denúncia pode ser feita através do telefone do 3632-2116.

Exemplo

No dia 17 de novembro, a operadora de telemarketing Maria Guimarães, 23, pegou um ônibus da linha 612 por volta das 11h40 e afirma que, ao perguntar do motorista se o mesmo iria para o centro ou para o bairro, este respondeu com tom de voz e palavras grosseiras, utilizando-se de xingamentos e pedindo que a jovem "não enchesse o saco".

Ao sair do ônibus, ela anotou os dados do veículo e fez a reclamação por telefone, além de registrar um Boletim de Ocorrência no 7º Distrito Integrado de Polícia (7º DIP). "Tinha pouca gente no ônibus, mas eu fiquei aterrorizada com a forma como ele me tratou. Ele nem me conhecia para falar daquele jeito comigo", afirmou.

A assessoria de imprensa da SMTU informou que o órgão já tomou conhecimento da denúncia contra a conduta do motorista e está apurando o caso.

VEJA TAMBÉM NO D24am