comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Prefeitura lança projeto ‘Aula Digital’ em Manaus

O projeto, em parceria com a Fundação Telefônica Vivo, oferece cursos aos professores sobre o uso de tecnologias na educação 

quinta-feira 20 de abril de 2017 - 12:44 PM

Da Redação / portal@d24am.com

A iniciativa já foi implantada em outros países, mas Manaus é a primeira cidade do Brasil a receber o projeto. Foto: Sandro Pereira

Manaus – A Prefeitura de Manaus, em parceria com a Fundação Telefônica Vivo, lançou, nesta quinta-feira (20), o projeto ‘Aula Digital’, que oferece cursos aos professores sobre o uso de tecnologias na educação e equipamentos  como miniprojetor e tablets para uso dos profissionais da educação e estudantes. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a parceria com a fundação vai beneficiar cerca de 63 mil alunos, do 1º ao 3º ano do ensino fundamental em 140 escolas. 

A iniciativa já foi implantada em outros países, mas Manaus é a primeira cidade do Brasil a receber o projeto.

A inovação tecnológica voltada para o ensino das crianças, segundo o diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo, Américo Mattar, é iniciada com o processo de capacitação de cerca de 700 professores para o desenvolvimento de conteúdos educativos digitais. Conforme Mattar, após essa etapa a Fundação acompanha os alunos e a comunidade do entorno da unidade educacional.

“No total são 140 kits que nós vamos distribuir em Manaus. Não há como falar em educação se a gente não falar em educação e preparar o professor para essa nova tecnologia, para esse jovem do século 21”, disse o diretor.

O projeto prevê o acompanhamento da equipe da Fundação das escolas, mesmo após o recebimento dos equipamentos. Além de Manaus, a entidade pretende implantar o projeto em outros Estados do Brasil, Sergipe deve ser o próximo local a receber a iniciativa, segundo o diretor.

De acordo com a secretária municipal de educação, Kátia Schweickardt, as escolas do município contam com 220 telecentros que auxiliam os professores na integração tecnológica, inclusive na área rural.

“Essa iniciativa da Fundação Telefônica vem se somar a isso. Temos vários telecentros nas escolas rurais e ribeirinhas, temos sinal de internet. Todos os nossos softwares offline estão nessas escolas polos. O município de Manaus é bem coberto nessa questão da tecnologia”, disse.

A formação dos professores, segundo a Semed, vai ser feita de forma presencial em 40 horas de aula.

VEJA TAMBÉM NO D24am