comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Suhab promete cadastrar 9 mil famílias para 'Minha Casa, Minha Vida' em Manaus

Novas unidades do programa do governo federal serão construídas no Santa Etelvina e direcionadas a quem tem renda inferior a três salários mínimos.

quarta-feira 14 de abril de 2010 - 4:01 PM

A Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) promete cadastrar, entre outubro e dezembro deste ano, as famílias que terão direito a cada uma das 9 mil moradias que o Governo do Estado pretende construir no programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Manaus. Foi o que informou o superintendente do órgão, Sidney Robertson de Paula, através da assessoria de imprensa.

As novas unidades, direcionadas a famílias com renda inferior a três salários mínimos, serão construídas, segundo o governo estadual, em uma área de 1,7 milhão de metros quadrados, na circunscrição do bairro Santa Etelvina, zona norte. O terreno para edificação das moradias está avaliado em R$ 7,4 milhões, conforme especifica o Decreto nº 29.838, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), na última quinta-feira, e assinado pelo governador Omar Aziz.

A previsão da Suhab é lançar a licitação para obra em julho e iniciar a construção das moradias até o final do ano. De acordo com Sidney Paula, o cadastro das famílias se iniciará logo após o começo das obras, para evitar filas e tumultos. Parte das moradias, afirmou, será destinada a servidores estaduais inscritos no cadastro da Suhab e dentro dos critérios do ‘Minha Casa, Minha Vida’.

Atualmente, a Suhab tem um cadastro com quase 14 mil famílias pleiteando moradias.

Nível municipal

O presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Manoel Ribeiro, informou nesta terça-feira (13/04), por meio da assessoria de imprensa, que deverá anunciar ainda nesta semana, juntamente com o prefeito Amazonino Mendes, como será o financiamento e o cadastro das famílias de baixa renda para o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ municipal. O local e o número de unidades do empreendimento, também voltado para quem ganha até três salários mínimos, ainda não foram divulgados.

No Diário Oficial do Município da última segunda-feira (12), a Prefeitura publicou a Lei nº 1.441, que cria o programa no âmbito municipal. A Lei define que terão direito à moradia famílias que moram em Manaus há mais de três anos.

VEJA TAMBÉM NO D24am