comments powered by Disqus
Notícias / Amazonas

Votação paralela vai testar confiabilidade das urnas eletrônicas

Procedimento vai valer para algumas seções sortedas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM)

sábado 1 de outubro de 2016 - 11:18 AM

Thiago Fernando / portal@d24am.com

As urnas que serão auditadas já estão em seus respectivos locais de voto. Foto: Reinaldo Okita

Manaus - No inicio da manhã deste sábado (1º), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) realizou o sorteio das três seções onde acontecerá a auditoria das urnas utilizadas nas eleições. Os locais que receberão a segunda urna serão: a Escola Estadual Senador Cunha Melo (seção 813, Zona 1), localizado na Raiz e a Escola Estadual Leticio de Campos Dantas(seção 575, Zona 70), que fica na Cidade Nova 2 A terceira urna estará no município de Presidente Figueiredo, na Escola Municipal Deisy Lammel Hendges (seção 91), no bairro Galo da Serra.

A votação paralela é uma maneira de auditoria adotada por todos os TREs, como forma de confirmar a segurança da urna eletrônica.

O procedimento ocorre no domingo (2), mesmo dia e horário oficial da votação, sendo acompanhado por representantes de partidos políticos, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), do Ministério Público, além de fiscais que verificam a assinatura digital dos programas e o resumo digital. Em seguida, os participantes, antes de votar na urna eletrônica, revelam aos fiscais em quem votarão e registram sua escolha também em um terminal de apuração independente da urna.

Depois, é feita a comparação do resultado da votação revelado pelo participante com o resultado registrado no boletim de urna. O objetivo é mostrar que o que foi digitado no teclado da urna corresponde realmente à escolha do eleitor.

VEJA TAMBÉM NO D24am