comments powered by Disqus
Notícias / Brasil

O ainda desconhecido Dia do Homem é comemorado hoje no Brasil

Data de pouco apelo festivo e comercial é celebrada hoje no Brasil. Muitos desconhecem a data e há mulheres que defendem a comemoração masculina.

domingo 15 de julho de 2012 - 11:47 AM

Poucos homens sabem, mas hoje é dia de celebrar o dia deles Foto: Divulgação

Manaus - O que acontece quando os maridos esquecem uma data importante? As mulheres ficam com raiva, fazem chantagem e reclamam que não é dado o devido valor a elas. Mas e quanto ao Dia do Homem?

Apesar de pouca gente saber, eles também têm um dia em que são lembrados. No Brasil, este dia é hoje, 15 de julho. No mundo, a data comemorativa é o dia 19 de novembro.

A homenagem foi criada pelo ex-presidente russo Mikhail Gorbachev há 12 anos e foi comemorada pela primeira vez em Trinidad e Tobago, em 1999, com o objetivo principal de chamar a atenção para a saúde masculina, já que, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os homens têm expectativa de vida menor que as mulheres.

O aposentado José Gonçalves, que até conceder a entrevista não sabia da data, concorda com a comemoração. "Acho justo, já que existe o Dia Internacional da Mulher. É importante para mostrar a igualdade entre os dois”, afirma.

Desde que se aposentou há 17 anos, José é responsável por ajudar sua mulher, que trabalha fora até hoje, com os serviços domésticos. "Minha presença ajuda a minha esposa. Eu cozinho, lavo roupa e arrumo casa, sem deixar de ser homem. Faço as atividades domésticas numa boa, sem nenhum constrangimento", conta.

Sem comparação

Para a professora e pesquisadora do Grupo de Estudo e Pesquisa Observatório Social, Gênero, Política e Poder (Gepos) da Universidade Federal do Amazonas, Iraildes Caldas, não há como comparar as duas datas. “Não é a mesma dinâmica. O movimento feminista tinha uma série de propostas de promoção do desenvolvimento, emancipação e inserção da mulher na sociedade. Já os homens sempre estiveram em uma posição privilegiada. Sempre se sobressaíram como representantes da raça humana, não são uma minoria social como as mulheres”, analisa. 

O assunto divide opiniões e se a data vai realmente “pegar”, não se sabe. Pode ser que com o tempo o comércio adote o Dia Internacional do Homem como mais um motivo para vender presentes. Mas uma coisa é certa: se a criação vingasse as mulheres não teriam mais que aguentar aquela velha piadinha de que todo dia é dia do homem. “É justo que os homens tenham uma data só para eles. Se a gente tem um dia só, eles deveriam ter um só também”, defende a auxiliar de enfermagem Neci Santos.

VEJA TAMBÉM NO D24am