comments powered by Disqus
Notícias / Economia

Energia elétrica, TV por assinatura e telefonia celular lideram reclamações no AM

Dados são do boletim do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública

quinta-feira 16 de março de 2017 - 4:49 PM

Beatriz Gomes / portal@d24am.com

Os três setores, que lideram o ranking de reclamações no Amazonas, são responsáveis por 38,4% do total de assuntos demandados. Foto: Divulgação

Manaus - Energia elétrica, TV por assinatura e telefonia celular são os assuntos com maior número de reclamações pelos consumidores do Amazonas, em 2016. Os dados são do boletim do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) e da plataforma online Consumidor.gov.br, divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que registrou 10,7 mil atendimentos no ano passado, no Estado, 3,3 mil a menos que em 2015.
 


 

Os três setores, que lideram o ranking de reclamações no Amazonas, são responsáveis por 38,4% do total de assuntos demandados no Estado pelo Sindec. Água e esgoto, cartão de crédito, telefonia fixa, banco comercial, internet (serviços e produtos), aparelho celular e cartão de loja completam a lista com os dez assuntos mais reclamados no ano passado, no Amazonas.

As empresas de telecomunicações lideram a lista de reclamações no País, onde os sistemas de defesa do consumidor registraram mais de 2,7 milhões de atendimentos e reclamações no ano passado. 

O número de atendimentos e reclamações caiu 24% em 2016, com relação a 2015, e saiu de 14,1 mil para 10,7 mil.

 

Nacional

No País, os setores de telecomunicações e financeiro lideraram o ranking de reclamações dos consumidores. Foram feitas 2,74 milhões reclamações de  consumo, no ano passado. O Consumidor.gov.br registrou 288.605  mil reclamações de consumidores no ano passado. O índice médio de solução foi de 80% com o prazo médio de resposta de 6 dias. Já os Procons integrados ao Sindec realizaram 2.458.127 atendimentos em 2016, com índice médio de solução de 78%.

Nos registros do Consumidor.gov.br, ganham destaque as demandas envolvendo o segmento de cartões, que alcançaram 40,4% dos registros relativos a assuntos financeiros. Na sequência, destacaram-se registros relacionados a crédito consignado (13,7%) e a contas correntes (13,3%).

VEJA TAMBÉM NO D24am