comments powered by Disqus
Notícias / Economia

Rotta recebe empresários da praça do Eldorado para definir novas estratégias de comércio

O prefeito em exercício recebeu as demandas dos empresários e vai submetê-las a avaliações técnicas

sexta-feira 17 de março de 2017 - 10:30 AM

Com informações de assessoria / portal@d24am.com

A reunião foi intermediada pelo diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka. Foto: Divulgação

Manaus - O prefeito em exercício, Marcos Rotta, recebeu nesta quinta-feira (16), um grupo de empresários da praça do Eldorado, zona Centro Sul para estudar melhores condições de uso do espaço e convívio, e de estímulo ao comércio local. A reunião, realizada na sede da prefeitura, foi intermediada pelo diretor-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Cláudio Guenka.

Segundo Guenka, os empresários passam por um período de dificuldades, por conta da crise econômica, que diminuiu a freguesia da praça do Eldorado.

“Eles (empresários) têm construído um convívio positivo com a comunidade do entorno e a prefeitura tem interesse de estimular essa harmonia, com o uso adequado da praça”, destacou Guenka. “Estamos aqui para ajudar e fomentar o comércio e a geração de empregos, então esse tipo de encontro é muito positivo para o desenvolvimento da cidade”, completou.

Entre as pautas apresentadas pelos empresários, está a revisão das taxas pagas ao Município para uso da praça. “Queremos que, nesse período de baixo movimento de clientes, a prefeitura nos dê um desconto no pagamento dessas taxas, para que possamos manter nossos negócios funcionando”, explicou Edson Neto, tesoureiro da Associação Comercial do Eldorado.

Ainda segundo a entidade comercial, foi estabelecido um diálogo com a Associação de Moradores do Eldorado para resolver questões pontuais a vida noturna da praça. Como solução, um calendário de eventos foi criado para humanizar, ainda mais, o ambiente, com gastronomia e outras atividades de lazer em família.

O prefeito em exercício recebeu as demandas dos empresários e vai submetê-las a avaliações técnicas.

 

VEJA TAMBÉM NO D24am