comments powered by Disqus
Notícias / Manaus 2014

Fifa diz que gramado da Arena da Amazônia é preocupante

Para entidade, campo não está nas condições ideais para a Copa do Mundo.

quarta-feira 11 de junho de 2014 - 8:00 AM

Com informações de agências / portal@d24am.com

Para Fifa, o ideal era que a Arena tivesse equipamento de iluminação artificial para gramado. UGP-Copa acha desnecessário. Foto: Sandro Pereira

Manaus - A Arena da Amazônia e mais seis estádios que serão utilizados na Copa do Mundo de 2014 preocupam a Fifa, pelas condições do gramado. As informações são do jornal ‘Folha de São Paulo’.

Avaliação interna da entidade é que o estádio de Manaus, além das arenas de Curitiba, Cuiabá, Natal, Porto Alegre e Brasília não estão nas condições ideais que a organização da Copa imaginava para a realização do torneio. O Maracanã também é citado como estádio em que o gramado possui alguns problemas, mas não está entre as maiores preocupações.

A constatação é que os gramados não apresentarão falhas nas primeiras partidas desses estádios. Mas, a partir da segunda rodada, a qualidade deve cair, aumentando a chance de sair tufos do campo e, consequentemente, o risco de lesões.

De acordo com o jornal, a reclamação é que os estádios de Porto Alegre, Manaus, Natal e Cuiabá não usaram, nos últimos meses, equipamentos de iluminação artificial para os gramados –a recomendação da Fifa era que essa técnica fosse aplicada para o tratamento dos campos para a Copa.

As luzes, colocadas à noite, servem para ajudar na fotossíntese da grama ou de parte do gramado que não é muito iluminado por causa da cobertura das arenas. A Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP-Copa), no Amazonas, diz que não instalou a iluminação artificial no gramado da Arena da Amazônia “porque não há necessidade de tal recurso tendo em vista a alta incidência de luz natural no campo”.

A Arena da Baixada, em Curitiba, é outra que não está no melhor nível, segundo a Fifa, por falta da luz artificial. Os equipamentos demoraram para ser comprados e foram pouco utilizados. Além disso, o campo da arena paranaense não seguiu a recomendação ideal da Fifa, que prevê o plantio da grama. Em Curitiba, o gramado foi instalado em placas.

Fato semelhante acontece em outra arena que preocupa a Fifa. O Mané Garrincha, em Brasília, também teve a grama colocada em blocos. Em 2013, o estádio da capital federal foi alvo de críticas de Felipão e do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke. O cartola também externou, em outubro do ano passado, preocupação com os campos dos estádios brasileiros.

Já o Maracanã, palco da final do Mundial, gera um pouco de apreensão pela quantidade de jogos que o estádio recebeu desde que houve a reinauguração. A arena sediou cerca de 90 partidas entre o fim da Copa das Confederações, em 2013, e a entrega do estádio para a Copa do Mundo de 2014.

VEJA TAMBÉM NO D24am