comments powered by Disqus
Notícias / Manaus 2014

Manaus terá recorde de feriados em 2014, por conta da Copa do Mundo

Calendário de feriados e pontos facultativos reforçado pelas paradas extras, em consequência da Copa do Mundo, dará 28 dias de folga para os moradores da capital.

domingo 29 de dezembro de 2013 - 8:00 AM

Serão pelo menos 28 dias entre paralisações oficiais, pontos facultativos e os eventos do Mundial. Foto: Raimundo Valentim.

Manaus - Em 2014, o cidadão de Manaus passará quase um mês sem trabalhar, graças ao calendário de feriados e pontos facultativos ‘reforçado’ pela Copa do Mundo de Futebol. Considerando os jogos já confirmados do Brasil na primeira fase da competição, as disputas que serão realizadas em Manaus e o encerramento do evento, os dias parados podem chegar a 28.

Em comparação com 2013, haverá 80% mais feriados em dias úteis em 2014, isso sem considerar os dias de jogo da seleção canarinho. Caso o Brasil chegue até a final da competição, serão sete dias de jogos.

Ao todo, 18 feriados e pontos facultativos oficiais cairão em dias úteis, duas pausas serão aos sábados e outras quatro em domingos. Há ainda uma possibilidade de emenda de feriado, na comemoração da Consciência Negra, em novembro, que cai em uma quinta-feira. Já os jogos do Brasil na primeira etapa serão em três dias úteis.

Para o vice-presidente da Federação do Comércio e Serviços do Amazonas (Fecomércio/AM), Aderson Frota, o número excessivo de feriados pode comprometer o desempenho do comércio no ano que vem, mesmo com um leve impulso das vendas ocasionado pela Copa nos primeiros meses.

“O ano de 2014 ainda é uma incógnita. O fato de o governo ter declarado feriado nos dias de jogo nas subsedes irá atrapalhar a jornada nesses dias e isso deve comprometer tanto a produção industrial quanto as vendas no comércio. Para quem ganha comissão vai ser um dia morto, isso de alguma maneira pode interferir na economia”, pondera.

Lei da Copa

De acordo com o Artigo 56 da Lei Geral da Copa, nº 12.663, de junho de 2012, “Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios que sediarão os Eventos poderão declarar feriado ou ponto facultativo nos dias de sua ocorrência em seu território”, o que já foi considerado pela prefeitura, devido aos atrasos nas obras de mobilidade da capital amazonense. O referido artigo abre ainda a possibilidade de que a União declare feriado nacional em todos os dias que houver jogo da seleção brasileira.

A lei também determina, no Artigo 64, que as escolas ajustem seus calendários de forma que as férias do meio do ano durem por todo o período da competição. “Essa mudança no calendário de férias vai adiantar toda a programação de vendas de materiais escolares do comércio”, ressalta Frota.

Indústria

O vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo, acredita que este excesso de dias parados reduzirá a produção industrial, causando prejuízos. “Infelizmente, isso é realmente um ônus muito grande para as empresas. Há os feriados que tem que se cumprir, que já são muitos e, cada vez, inventam mais. O Brasil precisa de muito trabalho, mas cada vez se produz menos”, observa.

O empresário destaca que, caso a União não declare feriado nos dias de jogo da Seleção é possível que as empresas adotem o sistema de compensação de horas paradas, para que os trabalhadores possam acompanhar os jogos sem prejuízos à produção. Mas, caso o País adote feriado nacional nos dias de jogo, isso não será possível. 

“Para o poder público não tem prejuízo nenhum, pois em termos de arrecadação, só pode retardar o faturamento. Mas quem realmente arca com tudo, o ônus disso, é da iniciativa privada, da indústria, do comércio e do serviço”, completa.

O calendário oficial de feriados, divulgado anualmente pelo Ministério do Planejamento, deverá ser publicado na última semana deste ano.


Documentos relacionados

VEJA TAMBÉM NO D24am