comments powered by Disqus
Plus / Cinema

Academia de Hollywood pede perdão pelo erro do Oscar de melhor filme

Academia afirmou que tomará as medidas apropriadas para manter a integridade da premiação

terça-feira 28 de fevereiro de 2017 - 10:30 AM

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Academia de Hollywood divulgou um comunicado por intermédio de sua conta no Twitter e lamentou profundamente a confusão no Oscar. Foto: Divulgação

Los Angeles - A Academia de Hollywood pediu na segunda-feira perdão pelo erro na entrega do Oscar, no dia anterior, em Los Angeles, e anunciou que tomará as medidas apropriadas para manter a integridade da premiação.

A 89ª edição do Oscar foi finalizada com um final surpreendente, depois que Faye Dunaway e Warren Beatty, equivocadamente, anunciaram que La La Land: Cantando Estações tinha conquistado o prêmio de Melhor Filme, quando na realidade o vencedor foi Moonlight: Sob a Luz do Luar.

Este fiasco, devido a um erro humano na hora de entregar o envelope com o nome do vencedor, provocou que a auditora Pricewaterhousecoopers (Pwc), empresa encarregada de receber, contabilizar e zelar pelos resultados do Oscar, se desculpasse horas depois da cerimônia.

Por sua vez, a Academia de Hollywood divulgou um comunicado por intermédio de sua conta no Twitter e lamentou profundamente a confusão no Oscar.

"Pedimos desculpas para as equipes de La La Land: Cantando Estações e Moonlight: Sob a Luz do Luar, cujas experiências foram profundamente afetadas por este erro", afirmou a nota da instituição, antes de elogiar a "tremenda elegância" que mostraram as pessoas afetadas sobre o palco.

"Para todos que se viram envolvidos, incluindo nossos apresentadores Warren Beatty e Faye Dunaway, os cineastas e nossos fãs no mundo todo, pedimos perdão", disse a Academia.

A instituição presidida por Cheryl Boone Isaacs observou que nos últimos 83 anos, encomendou a Pwc a gestão dos resultados, e lembrou que a auditora assumiu ontem "toda a responsabilidade" pelas "rupturas dos protocolos" estabelecidos na cerimônia.

"Passamos a última noite investigando as circunstâncias (do erro), e determinaremos quais ações serão apropriadas no futuro. Estamos comprometidos com a defesa da integridade do Oscar e da Academia", conclui o escrito.

VEJA TAMBÉM NO D24am