comments powered by Disqus
Plus / Comportamento

FCecon lança 'Visita Ampliada' como reforço à humanização

A iniciativa estende o horário de visitação a pacientes internados nas enfermarias do hospital de uma hora para três horas diárias, de segunda-feira a domingo

segunda-feira 16 de janeiro de 2017 - 9:26 AM

Com informações de assessoria / portal@d24am.com

A ação privilegia o contato entre pacientes e seus familiares, fator que, comprovadamente, auxilia na recuperação dos enfermos. Foto: Divulgação

Manaus – A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), unidade vinculada à Secretaria de Estado da Saúde (Susam), lançou o projeto ‘Visita Ampliada’. A iniciativa está atrelada às ações de reforço à Política Nacional de Humanização (PNH) e estende o horário de visitação a pacientes internados nas enfermarias do hospital de uma hora para três horas diárias (das 15h às 18h), de segunda-feira a domingo.

A ação privilegia o contato entre pacientes e seus familiares, fator que, comprovadamente, auxilia na recuperação dos enfermos, ressaltou o diretor-presidente da FCecon, cirurgião oncológico Marco Antônio Ricci. Ele explica que o projeto foi implementado na unidade através da Comissão de Humanização do hospital, cujas ações iniciaram em 2015, e ganharam força no último ano, com a ajuda de um grupo voluntário de apoiadoras da PNH. Antes, o horário de visita ia das 15h às 16h.

“Somos uma das primeiras unidades oncológicas do SUS a instituir a Visita Ampliada, pois entendemos que, através dela, beneficiamos não só os usuários da rede pública de saúde, mas também os profissionais da instituição. Isso porque, o controle de fluxo melhora com a diluição dos grupos de visitantes. Além disso, as pessoas passam a ter um horário mais flexível para visitar amigos e parentes que encontram-se fragilizados em decorrência do câncer, precisando do afeto e da presença de pessoas mais próximas durante o processo de reabilitação”, destacou Ricci.

Benefício

A diretora de Ensino e Pesquisa da FCecon, dra. Kátia Luz Torres, explica que a ideia de ampliar o horário do visita foi amplamente discutida com os atores envolvidos no processo, para que a medida beneficiasse a todos. Inicialmente, a ampliação vale apenas para as enfermarias. A expansão da medida para outros setores, como UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo) adulto e pediátrica, estão em fase de estudo.

“Também tivemos o cuidado de elaborar, através de um grupo criado especificamente para acompanhar o projeto, crachás de identificação com cores específicas para cada andar, já que o prédio da FCecon é bastante amplo”, frisou. A metodologia, explicou a diretora, ajudará também no controle de entrada e saída de visitantes na instituição.

VEJA TAMBÉM NO D24am