comments powered by Disqus
Plus / Comportamento

Manauaras apostam na criatividade em prol da arte e contra a crise

De móveis de paletes a artesanato com pneus, manauaras buscam alternativas econômicas, utilizando o que iria ser jogado na natureza para garantir uma renda extra

domingo 16 de abril de 2017 - 3:30 PM

Sofia Lorrane / portal@d24am.com

A sustentabilidade e a crise estão sendo essenciais para o reaproveitamento de produtos muitas vezes vistos como ‘lixo’. Foto: Reinaldo Okita

Matéria atualizada às 19h20

Manaus - Em meio à crise, existem pessoas que veem vida em materiais que seriam jogados fora, como pneus e paletes, e reaproveitam para fazer móveis e peças de decorações para casa, utilizando o que iria ser jogado na natureza para garantir uma renda extra.

O técnico mecânico Damásio Gomes, por exemplo, conta que tinha alguns pneus jogados em casa, acumulando sujeira e água, e aumentando a possibilidade de proliferação do mosquito Aedes aegypti. Foi quando pensou em uma alternativa. Em julho do ano passado, ele começou a fazer móveis e objetos decorativos, como araras, tucanos, vasos, canteiros, e a vendê-los a amigos.

“Uni o útil ao agradável. Tinha uns pneus velhos aqui em casa e estava fazendo uma limpeza. Joguei várias coisas, mas os pneus ficaram. Como eu não quis jogá-los fora, então eu vi que precisaria dar um fim a eles, mas de outra forma. Então, cortei e fiz um canteiro para uma amiga”, disse.

No começo, de acordo com Damásio, o material não ficou tão bom e ele buscou na internet como podia melhorar. “Eu vi que podia fazer várias coisas. Como eu estou desempregado, foi uma alternativa pra sair da crise, além de ser uma coisa que eu gosto de fazer”, contou.

 

Da necessidade à arte

Segundo o técnico de enfermagem João Ricardo, a necessidade faz a profissão. Ele contou que, no final do ano passado, começou a juntar paletes que as empresas jogavam fora para fazer peças para a casa onde mora, aproveitando o material descartado pelas empresas.

“Faço sofás, mesas, cadeiras, painel para televisão, jardim vertical. Comecei a fazer e achei bonito. As pessoas começaram a gostar e eu vi que dava pra ganhar dinheiro. Eu desmonto os paletes e lixo pra poder fazer móveis com qualidade. É um trabalho artesanal e que me ajuda até a relaxar”, explica.

Os artesãos buscam trabalhar de uma maneira ecologicamente correta e produzindo uma decoração sustentável. De acordo com a dupla, contribuir com a natureza, utilizando materiais que seriam descartados também é uma boa forma de ganhar dinheiro. Inspirar mais profissionais a empreender e conservar o meio ambiente também é uma das maiores satisfações deles.

 

Técnico de enfermagem começou a juntar paletes e transformá-los em móveis. Foto: Reinaldo Okita

VEJA TAMBÉM NO D24am