comments powered by Disqus
Plus / Games

Jogo de tabuleiro promove 'passeio' pela história do Centro de Manaus

Com cartas, dados e peões, jogo desenvolvido pelo estudante de Design Thales Saraiva conta, de forma lúdica, história do Centro de Manaus

quinta-feira 30 de março de 2017 - 9:30 AM

Kamilla Vieiralves / portal@d24am.com

Significado do feriado de 5 de setembro, Elevação do Amazonas à Categoria de Província, motivou o estudante. Foto: Divulgação/Fucapi

ManausExistem inúmeras maneiras de conhecer a história da cidade onde você vive, desde pesquisas on e offline até o bom e velho papo com pessoas mais velhas. No entanto, Thales Saraiva, estudante de graduação em Design, resolveu inovar e o resultado foi o jogo de tabuleiro ‘Passeio por Manaus’.

Um conjunto de dados, peões, 35 cartas e um tabuleiro para quatro jogadores ou equipes integram o kit do jogo. A cada rodada, os participantes são desafiados a responder perguntas sobre construções famosas, acontecimentos e a história do Centro Histórico de Manaus. A premiação para cada acerto são notas de reis, usadas entre 1880 e 1900.

Ao total, foram cinco meses entre as primeiras pesquisas e a produção final do jogo, fase que, segundo Thales, foi uma das mais rápidas. “Eu queria uma coisa bem interativa, então fiz uma pesquisa de materiais e cores relacionadas à época e fiz um esboço”, conta. “A caixa é no formato de uma mala, para combinar com o nome do jogo, e o desenho é inspirado na arquitetura dos prédios do Centro”, afirma.

Agora, vendo o trabalho pronto, ele revela que já se arriscou em uma partida com os amigos. “A primeira reação foi de elogiar o visual do jogo, o que era importante para mim. Sobre as perguntas, eles acharam um pouco difícil porque, de fato, não é todo mundo que conhece a história da cidade, mas acharam muito legal descobrir essas coisas através do jogo”, finaliza.

 

A origem

Tudo começou em setembro de 2015, por conta de uma data histórica. “Observei que a maioria das pessoas não sabia o significado do dia 5 de setembro, que é a Elevação do Amazonas à Categoria de Província”, relembra Thales. “Comecei a pesquisar e montar grupos de discussão e percebi que o que mais as pessoas queriam saber era sobre o Centro Histórico”, completa.

Assim, Thales tinha em mãos informações para explorar o tema e o formato que já conhecia. “Foi divertido de fazer, porque era tema livre e eu já tinha feito outro projeto de jogo de tabuleiro. Então decidi seguir nessa linha”, comenta.

Por enquanto, o estudante segue apenas com um único exemplar e, apesar de nutrir o desejo de que outras pessoas o joguem, ele revelou que esse passo só será dado mediante apoio.

VEJA TAMBÉM NO D24am