comments powered by Disqus
Plus / Gourmet

Comida transformada em arte

Há sete anos, o chef Maurício Matos encanta plateias com a técnica de ‘carving’

domingo 16 de abril de 2017 - 4:00 PM

Kamilla Vieiralves / portal@d24am.com

Maurício Matos é adepto das técnicas artísticas no preparo de pratos e no enfeite de frutas. Foto: Divulgação

Manaus - Você, provavelmente, já ouviu por aí que não se pode ‘comer com os olhos’. A expressão surgiu na Roma antiga, onde eram realizados grandes banquetes em oferenda aos deuses. Não era permitido comer, apenas admirar as comidas. Comia-se com os olhos. 

No entanto, o ‘garde manger’ — um dos ramos da Gastronomia — vem, aos poucos, mudando essa conotação com pratos, de fato, de encher os olhos. Em Manaus, o chef Maurício Matos é um dos que aposta nesse lado artístico do manejo dos alimentos, aplicando sua técnica de ‘carving’ em frutas e legumes.

Origem francesa

‘Garde manger’ (lê-se Gardi Mangêr), em francês, significa guardião da comida. O termo teve origem na França pré-revolução, quando manter um grande e variado estoque de alimentos era considerado símbolo de poder, prestígio e saúde. A função do garde manger, portanto, era gerenciar o estoque de comida da casa de figuras da nobreza. Por causa desta função de supervisionar a preservação dos alimentos e gerenciar o consumo que o termo GM é interpretado ‘como manter para comer’.

Técnica própria

É nesse contexto que o chef Maurício Matos se insere na área, começando seus estudos na gastronomia, com um interesse particular por uma técnica: o ‘carving’. “Comecei a estudar logo quando saí da Marinha e fui fazer um curso de gastronomia do Senac, da Bahia. Lá, um dos meus professores fez uma aula sobre ‘carving’ e eu me interessei. Isso já tem cerca de sete anos e, a partir daí, procurei vídeos na internet para conhecer melhor a técnica”, relembra Maurício. 

‘Carving’ é uma técnica tailandesa, que consiste em esculpir formas e imagens em frutas e alimentos. Apesar de pouco conhecido no Brasil, o trabalho já começa a se destacar no trabalho dos ‘garde manger’, que aproveitam a técnica para dar um brilho a mais em decorações de mesas e pratos. De acordo com Maurício Matos, a técnica requer tempo e prática para ser aperfeiçoada e varia de chef para chef. “Eu acabei desenvolvendo a minha própria técnica, a partir dos tutoriais que assistia na internet, em inglês e tailandês. Felizmente, a barreira da língua não me atrapalhou”, conta. “A primeira coisa que eu tentei fazer foi uma rosa, na melancia. E ficou horrível!”, confessa. 

A melancia, aliás, é uma das ‘telas’ preferidas do chef, que entrega o motivo da preferência. “Eu gosto de testar na melancia por causa do contraste das cores da fruta, sempre fica uma imagem bem ressaltada. Mas essa técnica também pode ser aplicada no melão, mamão, kiwi, maçã. Qualquer fruta que não tenha um caroço muito grande, que atrapalhe. E alguns legumes também”, conta.

Reconhecimento nacional e internacional

Com o tempo, as rosas não foram mais o suficiente para a criatividade do chef Maurício Matos. A partir daí, ele passou a aprimorar a sua arte, com um desafio ainda maior: esculpir rostos. “No período da Copa no Brasil, eu fiz o rosto de alguns jogadores, como a Marta e o Cristiano Ronaldo, que postaram nas suas redes sociais. Eu recebi muitas mensagens elogiando e ganhei alguns patrocínios para participar de um evento nacional, em São Paulo”, comenta Maurício.

Assim, em 2015, ele participou do 6º Campeonato Nacional em Esculturas, em São Paulo, e ganhou o segundo lugar na competição. “É um evento anual que acontece por lá e participar de coisas desse tipo agrega muito para o currículo, em termos de visibilidade do nosso trabalho. Mas é uma atividade cara. Minha ideia é, no futuro, investir mais na participação desses eventos”, conta o chef.

Conhecendo o crescente interesse por esse tipo de trabalho, Maurício Matos disponibiliza, ainda, fotos e minivídeos de suas criações em suas páginas, no Facebook (facebook.com/edmar.mauricio), Instagram (@mauricio_matos_carving) e em seu blog (www. mauriciomatosmanger.blogspot.com.br), onde também é possível acompanhar os novos desafios aos quais ele se propõe. “Recentemente, esculpi um Goku (personagem do anime ‘Dragon Ball’) que fez bastante sucesso. Agora, quero continuar me aperfeiçoando, especialmente nessa técnica de reproduzir rostos”, finaliza.

VEJA TAMBÉM NO D24am