comments powered by Disqus
Plus / Gourmet

Grãos, sementes e farinha na mesa do bar para o concurso Comida di Buteco

Cereais são o tema do concurso Comida di Buteco deste ano e 16 estabelecimentos estão no desafio. Confira os pratos dos estabelecimentos que participantes

domingo 9 de abril de 2017 - 9:00 AM

Kamilla Vieiralves / portal@d24am.com

Concurso chega a 7ª edição este ano. Foto: Divulgação

Manaus - Abril vai ser o mês de passear pelos bares da cidade, com uma missão especial: eleger o melhor petisco do ano. A partir da próxima sexta-feira, 14, até o dia 7 de maio, o concurso Comida Di Buteco, em sua 7ª edição manauara, contará com a participação de 16 estabelecimentos. Neste ano, o grande desafio é incorporar algum tipo de cereal aos pratos, o que, segundo os chefs, permitiu misturar influências não só de outras cozinhas, como sentimentais.

Vencedor da última edição do concurso, o Quiosque Beer, por exemplo, apostou em ingredientes regionais para montar a sua Canoa de Piracuí. “Nos primeiros testes, achamos difícil de trabalhar com o milho branco. Por isso, fomos experimentando, até achar a farinha de piracuí (ou farinha de peixe), que é típica da região”, conta o chef e proprietário do bar, Alysson Lima.

Segundo ele, o visual foi idealizado em parceria com a esposa Luana Almeida, inspirado em uma lembrança de infância. “Eu nasci na Aparecida e morei no São Raimundo, então sempre via os canoeiros passando, vendendo sanduíche. Então, resolvemos fazer essa homenagem no formato do petisco”, contou.

Também de volta à disputa, o bar Bate Papo Espetos espera superar o 6º lugar conquistado em 2016, com o petisco batizado de ‘Aribaoxe’. De acordo com o chef Lucio Sampaio, o nome remete às duas culinárias que inspiraram o prato.

“Primeiro, surgiu a ideia de fugir do formato de bolinho. Assim, optamos pela tortilha de milho, feita à base de farinha, água e sal. O prato foi uma fusão da culinária mexicana, com a tortilha; com a comida nordestina, com a carne seca e o purê de jerimum”, conta.

Para o estreante Taberna 88, a culinária nordestina também foi uma fonte de inspiração, especialmente pela origem paraibana do chef Carlos Alexandre de Oliveira. “Quando lançaram o desafio, nós pensamos no que poderia agregar sabores, então escolhemos a farinha de quibe como o nosso cereal”, contou o chef.

“Decidimos seguir a linha de um bolinho que já temos na casa e montamos um quibe de carne de sol recheado de queijo e acompanhado de geleia de araçá-boi. Tentamos trazer um pouco da culinária nordestina, sem perder o sabor da comida local”, explicou.

Também participando pela primeira vez do concurso, o Mira Flores, comandado por Robenita Caldas, resolveu apostar em um toque internacional em seu petisco.  “Estou usando o trigo como cereal e a ideia era montar um prato peruano. Então, nós reesculpimos um que já tínhamos na casa e transformamos em algo novo, incorporando a ingredientes da terra, no caso, o pirarucu. Além disso, preparamos um molho especial da casa, de vinagrete patacón com uma pimenta peruana, chamada ajipanca”, apresentou.

 

Formato

Na edição local do Comida di Buteco, os estabelecimentos serão julgados pelo público e por um corpo de jurados, em quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. Os petiscos terão o preço máximo de R$ 25,90.

Em junho, a segunda etapa do concurso vai levar uma comissão selecionada aos campeões das 20 cidades participantes para eleger o melhor buteco em nível nacional. Ah, confira um roteiro com os 16 petiscos participantes e onde encontrá-los:

 

Brigadeiro de Pirarucu

Cubos de filé de lombo de pirarucu empanados na farinha de trigo e no gergelim, acompanhados de molho shoyo e gengibre ralado.
Onde: Abaré SUP & Food. (Rio Tarumã - Acesso Pontal do Tarumã)
Funcionamento: Todos os dias, das 9h às 20h.
 

Mini Risoles de Pernil

Mini risoles de trigo, recheados com carne de pernil suíno assada e desfiada, acompanhados com um creme branco especial da casa. 
Onde: Bambu Bar (Rua Carlos Lecor, antiga Rua 25, 1.015 – Conjunto Castelo Branco – Parque 10).
Funcionamento: Terça a Domingo, das 15h à 1h.

 

Bolinho do Mestre Cervejeiro

Bolinho de malte de cevada, linguiça de pernil e bacon, recheado com queijo. Acompanha molho especial de maionese com cerveja.
Onde: Barão Cervejas & Empório (Avenida Prof. Nilton Lins, 18 – Parque das Laranjeiras – Flores)
Funcionamento: Domingo a Quinta: 18h à 0h/ Sexta e Sábado: 18h às 1h30.


Espeto Amazônico

Filé de pirarucu empanado à milanesa com farinha do uarini e farinha de trigo, acompanhado de banana ao banho de caldas e farofa de banana.
Onde: Tombaqui (Rua Visconde de Porto Alegre, 51 – Praça 14 de Janeiro)
Funcionamento: Quarta a Sábado, das 19h às 3h.




Aribaoxe

Tortilha de milho com carne seca, purê de abóbora e queijo coalho.
Onde: Bate Papo Espetos (Rua Rita Gama Barros, 5A – Conjunto Kissia – Dom Pedro)
Funcionamento: Segunda a Sábado, das 18h às 23h.
 

Filé Mineiro

Filé ao molho de cerveja preta. Acompanha pão.
Onde: Buteco de Minas (Avenida das Flores, 318 – Bairro Aleixo – Conjunto Tiradentes)
Funcionamento: Segunda a Sábado, das 18h à 0h.


Pacovan Pavula

Cumbuca de banana-pacovã e aveia assada, recheada com peixe e jambu no tucupi, com camarão e jambu crispy decorado.
Onde: Buteco Ovelhas Negras (Rua Lauro Sodré, 451, antiga Rua Rio Madeira – Adrianópolis)
Funcionamento: Quarta a Sábado, das 18h à 0h.


Crepioca Amazônica

Crepioca amazônica com quinoa, linhaça e recheio de pirarucu e castanha-do-Pará.
Onde: Flutuante da Tia (Estrada da Praia Dourada, 720 – Tarumã)
Funcionamento: Terça a Domingo, das 10h às 18h30.



Pirarucu Caboclo

Cubos de pirarucu fritos acompanhados de um molho de tucupi com jambu, jerimum, batata e milho.
Onde: Galvez Botequim (Rua Altair Severiano Nunes, 8 – Parque 10)
Funcionamento: Terça a Sábado, das 17h30 até o último cliente.

 


Dedo de Pirarucu


Dedo de pirarucu acompanhado de molho vinagrete patacón com  pimenta ajipanca.
Onde: Mira Flores (Rua Inhauma, 196, conjunto Beija Flor 1 – Flores)
Funcionamento: Terça a Sábado: 11h às 22h30/ Domingo: 11h às 18h.



Casquinha de Sardinha


Casquinha de sardinha com farofa de milho na manteiga de alho.
Onde: Buteco do Parque 10 (Rua Prof. Rosa de Almeida, 86 – bairro Parque 10)
Funcionamento: Todos os dias, de 17h até o último cliente.



Croquete de Balcão


Croquete de pirarucu com vinagrete.
Onde: O Jangadeiro (Rua Marquês de Santa Cruz, 26 – Centro)
Funcionamento: Terça a Domingo, de 9h às 21h.

 


Canoa de Piracuí

Canoas de piracuí, recheadas com molho de acaçá e vinagrete de tucumã. Acompanha pimenta de arubé.
Onde: Quiosque Beer (Avenida Bartolomeu Bueno da Silva, 5-B – Dom Pedro)
Funcionamento: Terça a Sábado, das 18h30 às 2h.



Bocadito do Santa

Pão com costela de porco desossada, com cebola roxa caramelizada e alioli.
Onde: Santa Breja (Avenida Djalma Batista, 2.010, Manaus Auto Shopping, loja 14, Chapada)
Funcionamento: Terça a Sexta: 17h à 1h/ Sábado: 15h à 1h/ Domingo: 17h à 0h



Arrumadinho do Sr. Garrafas


Farinha do uarini, carne seca desfiada, grãos de feijão-preto, linguiça calabresa, quinoa e banana frita passada no açúcar e na canela, em camadas.
Onde: Sr. Garrafas (Rua Rio Mar, 280, próximo à entrada principal do Parque do Idoso – Nossa Senhora das Graças)
Funcionamento: Terça a Sábado, das 18h à 1h.



Sarará Crioulo


Quibe de carne de sol e queijo do reino acompanhado de geleia apimentada de araçá-boi.
Onde: Taberna 88 (Avenida Via Láctea, 65 – Conjunto Morada do Sol)
Funcionamento: Segunda a Quinta: 11h à 1h/ Sexta e Sábado: 11h às 2h.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEJA TAMBÉM NO D24am